16 de mai de 2015

Resenha: Através do Universo


Título: Através do Universo
Título Original: Across the Universe
Autor: Beth Revis
Editora: Novo Século
Nº de páginas: 408
 4/5

Amy deixou para trás seus amigos, seu namorado, seu mundo inteiro para se juntar aos pais a bordo da nave espacial Godspeed. Para a longa viagem, ela e seus pais foram criogenicamente congelados, esperando enfim acordarem em um novo planeta: Terra-Centauri. Porém, cinquenta anos antes do previsto, a câmara criogênica de número 42 é misteriosamente desligada, e Amy se vê forçada a sair de seu profundo sono de gelo. Alguém havia tentado matá-la. Agora, Amy está presa em um novo – e pequeno – mundo, onde nada parece fazer sentido. Os 2312 passageiros a bordo de Godspeed são liderados pelo tirânico e assustador Eldest. Elder, seu rebelde sucessor, parece ao mesmo tempo fascinado por Amy e ansioso por descobrir nele mesmo tudo o que se espera de um líder. Amy quer desesperadamente confiar em Elder, mas será que ela deve colocar seu destino nas mãos de um garoto que jamais conhecera a vida fora daquelas frias paredes de metal? Tudo o que Amy sabe é que ela e Elder devem correr para desvendar os segredos mais ocultos de Godspeed, antes que o assassino tente matá-la novamente.


[OFF] Olá, pessoal! Eu sei que eu dei uma sumida e as colunas não foram postadas como manda a agenda, mas eu estou de volta e irei voltar a cumprir a agenda. Gostaria de pedir desculpas a vocês e avisar que estamos com mais (e melhores) novidades! Agora segue a resenha do livro. Beijos!

Amy é filha de uma bióloga genética e um militar, junto com os pais, ela participa de um programa que congela os seres humanos para que eles possam ser descongelados 300 anos depois, em um outro planeta descoberto pela NASA. Mas algo da errado e Amy e descongelada 50 anos antes em uma nave chamada Godspeed. Ela não sabe o que aconteceu, já que seu descongelamento foi um acidente.

A nave é controlada pelo Ancião, uma especie de líder e logo abaixo dele esta o Velho, o segundo no comando, como se fosse um "aprendiz" de Ancião. Logo Velho se vê fascinado pela garota tão diferente vinda da Terra-Sol - como eles chamam a Terra dentro da nave- , mas ao mesmo tempo se encontra curioso do porquê dela ter sido descongelada antes da hora. E porquê, outras pessoas que participaram desse programa estavam aparecendo descongeladas de maneira irregular e mortas. Amy e Velho, juntos vão tentar descobrir o que está acontecendo, ao mesmo tempo que juntos encontram outros segredos envolvendo o futuro em que se encontram e a nave Godspeed.

Através do Universo, nos mostra um mundo completamente diferente do que temos agora. Os seres humanos controlam suas emoções e não são controlados por ela. Tudo é mono. Tudo mundo tem a mesma cor, fala a mesma língua, são separados igualmente em cada função. Tudo é controlado para que nada saia do lugar. Tudo tão perfeitamente controlado é uma das coisas que mais assusta Amy, já que na Terra era completamente diferente. Não existe revoltas, guerras, brigas, nada. São milhares de pessoas dentro de uma nave e todos se dão bem. E assustadoramente perfeito. Ao começar a ler o livro, esse foi um fato que eu estranhei um pouco, mas ao longo da estória, é tudo explicado.
O livro é narrado por Amy e Velho, o que nos dá uma visão de alguém de antes, ou seja do passado, Amy e do depois, Velho. Alguém que nasceu na nave, que esta habituado ao jeito das coisas do futuro.

Tenho medo de que se eu falar mais alguma coisa sobre o livro liberarei algum spoiler sem querer (antes do tempo), por isso pararei a resenha por aqui. Só queria dizer que Beth Revis me surpreendeu completamente com sua estória. Bem escrita, bem pensada e bem apresentada. E um livro que vale super a pena conferir.

O SPOILER SAÍDO DO FORNO: QUEM DESCONGELOU AMY FOI O VELHO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário