21 de ago de 2015

Quote da Semana


Tum Tum
Tum Tum
Tum Tum
Está escutando isso?

(A voz se demora na palavra escutando.)

É o som do meu coração batendo.

(Ela bate no microfone novamente.)

Tum Tum
Tum Tum
Tum Tum
Está escutando isso?
É o som do seu coração batendo.

(Ela começa a falar mais rápido e mais alto do que antes.)

Era o primeiro dia de outubro. Estava com meu suéter
azul, sabe, aquele que comprei na Dillard’s? Com a bainha dupla e buracos naspontas
das mangas, dando até para colocar os polegares neles
se estivesse frio e eu não quisesse usar luvas?
Era o mesmo suéter que você disse que deixava meus olhos parecendo reflexos dasestrelas
nos oceanos.
Você prometeu me amar para sempre naquela noite...
E, caramba,
foi mesmo o que você
fez.
Era o primeiro dia de dezembro dessa vez. Estava
com meu suéter azul, sabe, aquele que comprei
na Dillard’s? O que tinha a bainha dupla e
buracos nas pontas das mangas, dando até para colocar
os polegares neles se estivesse frio e eu não quisesse usar luvas? Era o mesmo suéter que você disse que deixava
meus olhos parecendo reflexos das estrelas no mar.
Eu disse que minha menstruação estava três semanas 
atrasada
.
Você disse que era o destino.
Você prometeu me amar para sempre naquela noite...
E, caramba,
foi mesmo o que você
fez!
Era o primeiro dia de maio. Estava com meu suéter
azul, mas, desta vez, a bainha dupla
estava puída e cada fio estava sendo forçado e esgarçado por causa da barriga que crescia.
Você sabe qual é. Aquele mesmo que comprei na Dillard’s? O que tinha buracos naspontas
das mangas, dando até
para colocar os polegares neles se estivesse frio e eu não quisesse usar luvas? Omesmo suéter
que você disse que deixava meus olhos parecendo reflexos das estrelas nos oceanos.
MESMO suéter que você ARRANCOU do meu corpo enquanto
me empurrava no chão,
me chamando de puta,
dizendo que
não me amava
mais.
Tum Tum
Tum Tum
Tum Tum
Está escutando isso? É o som do meu coração
batendo.
Tum Tum
Tum Tum
Tum Tum
Está escutando isso? É o som do seu coração batendo.

(Há um longo momento de silêncio, quando ela põe as mãos na barriga, com lágrimas escorrendo pelo rosto.)

Está escutando isso? Claro que não. É o silêncio do meu útero.
Porque você
ARRANCOU
MEU
SUÉTER!”




Métrica - Colleen Hoover

Nenhum comentário:

Postar um comentário