12 de dez de 2016

[REPOSTANDO] Resenha: As Areias do Tempo


Título: As Areias do Tempo
Título Original: The sands of time
Autor: Sidney Sheldon
Editora: Record
Nº de páginas: 374
SKOOB
 3/5
Quarenta anos após a Guerra civil a Espanha ainda é um país fragmentado, sacudido pelo ressurgimento de movimentos separatistas. Ë nesse cenário, na segunda metade dos anos 70, que Sidney Sheldon desenvolve sua história: o confronto entre o terrorista basco Jaime Miró, que liberta da cadeia dois companheiros condenados à morte, e seu perseguidor, o coronel Ramon Acoca, que invade o esconderijo dos fugitivos, um convento na região rural de Àvila. Sheldon narra o drama de quatro freiras, arrancadas da paz da clausura para a agitação de Madri, onde conhecem o perigo e a paixão.

As Areias do Tempo trata da história de quatro freiras. Todas elas estão no convento de Ávila por alguma razão e são essas estórias abordadas no livro.

A narração se passa na época da guerra entre bascos e espanhóis, característica fortes do livro. As freiras, irmã Teresa, uma senhora de 60 anos que passou metade da sua vida no convento, a irmã Graciela, irmã Megan, uma órfã que desejou por toda sua vida saber quem eram seus pais e irmã Lucia, que na verdade é uma fugitiva da polícia que estrou no convento para se esconder.

As quatro freias são encontradas, fugindo, por Jamie Miró, um homem considerado terrorista pela polícia espanhola que luta pelos direitos do sue povo e vingança. Jamie Miró, seus amigos e as quatro freias partem em uma jornada semelhante á uma brincadeira de pega-pega com a polícia, cada um com seu objetivo particular.

Eu não me sinto apropriada para falar de uma das obras de Sidney Sheldon. Com certeza eu não estou familiarizada e acostumada com esse gênero, por isso não achei o livro TÃO bom, mas não só o fato da história, mas também da maneira de escrita nos faz admirar as obras dele.

Sidney gosta de explorar a sensualidade feminina. As principais características de suas obras são assuntos relacionados à fortuna, intriga, fama, assassinatos, perseguições e essas coisas. A maneira dele escrever os suspenses são magníficas. Os livros prendem nos mínimos detalhes, mesmo ele não sendo muito detalhista.

Recomendo esse livro pra quem gosta do gênero e pra quem não gosta também. Pra quem nunca leu nenhum livro desse tipo, seria uma boa primeira vez. A narrativa dele não é pesada, nem muito indireta. Contem muitos flashbacks, na verdade, capítulos inteiros sobre estória do passado, mas a intenção é essa já que o nome do livro é As Areias do Tempo.

O final não me convenceu muito, mas confesso que foi bastante engenhoso. Como não sou habituada com esse teme essa foi a minha opinião, não sei se está certa ou está errada, muitas pessoas podem me julgar pela maneira que eu vejo as obras de Sidney Sheldon, mas eu sei que essa foi a primeira de muitas obras que eu vou ler, dele.


⚠️ SPOILER: 

5 comentários:

  1. Sidney Sheldon é o melhor escritor que já li na vida, com ele me apaixonei perdidamente pela leitura, escreve bem demais já li quase todos os livros que ele deixou e também alguns que foram lançados após sua morte. Leia vocês vão gostar eu amo de paixão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem vários livros dele que eu estou com vontade de ler. Espero ter a oportunidade.
      Beijos!

      Excluir
  2. Amo Sidney Sheldon. É um escritor que sempre valorizou a mulher como protagonista não somente da história, mas de si mesma. O livro "O Outro Lado da Meia Noite" marcou minha adolescência - AMO a personagem de Noelle Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero ter mais oportunidades para conhecê-lo. Beijos!

      Excluir
  3. Do Sidney Sheldon, li apenas "Conte-me seus sonhos", que é muito interessante, por sinal. Esse livro que resenhou também parece ser bom!

    ResponderExcluir