22 de abr de 2017

[Repostando] Resenha: A Culpa é das Estrelas


Título: A Culpa é das Estrelas
Título Original: The Fault in Our Stars
Autor: John Grren
Editora: Intrínseca
Nº de páginas: 288
SKOOB
  5/5
Hazel foi diagnosticada com câncer aos treze anos e agora, aos dezesseis, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões. Ela sabe que sua doença é terminal e passa os dias vendo tevê e lendo Uma aflição imperial, livro cujo autor deixou muitas perguntas sem resposta. Essa era sua rotina até ela conhecer Augustus Waters, um jovem de dezessete anos que perdeu uma perna devido a um osteosarcoma, em um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Como Hazel, Gus é inteligente, tem senso de humor e gosta de ironizar os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Com a ajuda de uma instituição que se dedica a realizar o último desejo de crianças doentes, eles embarcam para Amsterdã para procurar Peter Van Houten, o autor de Uma aflição imperial, em busca das respostas que desejam. 
Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. 

Estou fazendo essa resenha com o coração na mão. De verdade mesmo. Vai fazer uma semana que eu li A Culpa é das Estrelas e esse era o livro que estava no todo da minha meta de leitura. Estava á muito tempo com ele na mão e tentando criar coragem para lê-lo, mas essa coragem nunca vinha. Sinceramente não sei se essa hesitação era por causa das resenhas que eu tinha lido desse livro ou por saber, mesmo sem lê-lo, que ele iria marmar muito minha vida. E eu estava certa. Existem 5 motivos pra eu achar que A Culpa é das Estrelas é um dos melhores livro que eu li.

1. Amei cada um dos personagens;
2. Gostei de tantos quotes que não conseguir escolher apenas... 10 como meus favoritos (rsrsrs);
3. Não sou muito de ler livros dramáticos (mesmo não classificando A Culpa é das Estrelas como um livro dramático, quer dizer, só um pouco), mas esse livro com certeza requer uma atenção especial;
4. Não sou muito de ler livros escritos por homens (mesmo gostando de cada um que eu li), mas John Green superou o meu preconceito;
5. E por fim o meu último motivo é que o livro foi mais do que eu esperava. Muito mais! Extrapolou todas as minhas expectativas, foi algo meio que surreal porque quando o livro acabou eu fiquei tipo "Hãn? Hãn? Cadê o resto? P**** John! Você não fez isso comigo!"

Bom... Agora vamos a resenha.

A Culpa é das Estrelas é um livro que conta sobre Hazel Grace, uma paciente terminal de câncer. Ela descobriu aos 11 anos que tinha câncer nos pulmões e graças á um remédio seus tumores começaram a reduzir de tamanho, a dando mais dias de vida. Hazel participa de um Grupo de Apoio para pessoas com câncer e é lá que ela conhece Augustus Waters, ou Gus, um garoto que sofre de câncer nos ossos. Sarcástico, lindo e totalmente apaixonante, Gus é um exemplo daqueles que não se deixam abater pelos problemas e sempre está levando a vida da melhor maneira possível. Hazel e Gus logo desenvolvem uma relação de amizade.

Somos apresentados ao livro favorito de Hazel, Uma Aflição Imperial, que, por incrível que pareça, acaba sem final. É isso mesmo, o livro acaba sem o destino dos personagens, então, juntos, Hazel e Gus voam até Amsterdã para se encontrarem com o escritor do livro e acabarem com essa angustia eterna de saber o destino dos personagens.

Uma boa parte do livro gira, basicamente, em torno disso. A Culpa é das Estrelas é um livro carregado de sarcasmo, cheio de quotes maravilhoso. Me identifiquei muito com a personagem e sei que eu não sou a única pessoa no mundo a falar isso. A maneira de Hazel pensar e agir é um dos fatores que me fez adorá-la mais.

John Green criou personagens maravilhosos que me fez ficar apegada á cada um deles. Além de um livro é, com certeza, uma estória com muitos outros significados e não só pelo fato de mostrar uma personagem com câncer e essas coisas.

Acho que foi o livro que eu mais chorei em toda a minha vida. Eu sofri com o livro, ri com ele, chorei, sorri, eu senti o livro e essa é uma característica que poucos autores tem. Me arrependo de não ter lido essa perfeição antes. A Culpa é das Estrelas é um livro que vale apenas ler, totalmente. Quem não leu, leia, quem já leu, fez bem.

Personagens perfeitos (já disse isso?), narrativa contagiante, uma estória cheia de emoção, A Cupa é das Estrelas totalmente me arrebatou.




⚠️ SPOILER: Quem é que não sabe? Gus morre no final.

2 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    No geral eu gostei bastante desse livro, apesar do tema ser um pouco clichê. A narrativa não é pesada, os personagens são cativantes, tem um ritmo bom e ainda te arranca algumas lágrimas. Não é o meu favorito do John Green, mas foi uma ótima leitura. Beijos <3

    oquequeremoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir